Regionais
  /  
Maranhão

Qualificação de PcD para mercado de trabalho em Imperatriz

Publicado em 
4/12/2023

A formação para Auxiliar de Mecânico (a) de Máquinas Florestais foi celebrada nesta sexta (1) com a formatura de 11 alunos (as) e reuniu representantes da companhia e do Senai

A Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, em parceria com o Instituto Euvaldo Lodi (IEL-MA), e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), realizaram a cerimônia de formatura da turma de Auxiliar de Mecânico (a) de Máquina Florestal. A solenidade aconteceu no auditório da unidade fabril da companhia e contou com uma turma formada por 11 alunos e alunas com deficiência prontos para integrar o setor florestal de Imperatriz (MA) a partir da formação.

Esta ação faz parte do Programa Somar PcD, uma iniciativa da Suzano em colaboração com o Senai, visando promover a equidade de oportunidades no mercado de trabalho. "A Suzano assume publicamente o compromisso de reduzir desigualdades sociais em suas áreas de atuação, promovendo diversidade, equidade e inclusão. Acreditamos que um ambiente diversificado beneficia tanto a sociedade quanto nossos negócios, alinhado ao nosso princípio fundamental: 'Só é bom para nós se for bom para o mundo'", destaca Adriana Gonçalves, gerente de Manutenção da Suzano.

Ao longo dos dois meses de curso, os participantes receberam aulas teóricas e práticas. A formação resultou na contratação de Wenderson Rodrigues da Silva, de 26 anos. Ele foi contratado como Auxiliar de Produção na Manutenção Florestal da companhia. "É muito gratificante ser reconhecido por minhas habilidades. Atualmente, é desafiador para PcD serem contratados, mas oportunidades como essa são vitais para nossa inclusão no mercado de trabalho, superando obstáculos de deficiência e falta de qualificação", expressa Wenderson.

Diversidade e inclusão

A promoção da diversidade, equidade e inclusão social de pessoas com deficiência também vem ao encontro dos compromissos para renovar a vida da companhia. Entre as metas da empresa, estão a de alcançar, até 2025, um ambiente 100% inclusivo e a de garantir 100% de acessibilidade para o público PcD. A companhia também quer alcançar 30% de pessoas negras e 30% de mulheres em cargos de liderança, além de garantir um ambiente 100% inclusivo para pessoas LGBTQIAP+.